Páginas

terça-feira, 20 de maio de 2014

Sobre desculpas

Poderia passar horas aqui falando sobre por que não tenho escrito como antigamente.
 As desculpas são infinitas...
Muitas vezes não escrevo por não ter inspiração, outras por não ter tempo (rainha de todas as desculpas ruins), outras tantas por estar tão tomada pelas palavras que elas simplesmente não conseguem se organizar numa fila... organizada e sair, e tomar forma. 
Mas, desculpas são exatamente o que parecem ser: justificativas bonitinhas. Enfeitadinhas. E outros diminuitivos fofos.
Não tenho escrito... por que simplesmente, ou talvez, não sou mais a mesma pessoa que era quando escrever era como respirar. Há muitas variáveis. Há muitos afazeres. Há poucos momentos para parar, respirar, e colocar sentimentos e momentos e vontades e ansiedades e ideias em uma ordem que seja compreensível para serem compartilhados com outros. Com você.
Mas, aí está você.
E aqui estou eu.
Estou escrevendo.
Escrevendo novamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário